Закрыть ... [X]
Закрыть ... [X]

Detalhes

Resultado de imagem para memorial padre alfredo haasler

(Por Ediane Bispo – TRagora)

O Memorial Padre Alfredo Haasler, importante patrimônio cultural e religioso de Jacobina, corre o risco de ser transferido para o museu de Jequitibá, em função da dificuldades de funcionamento que tem enfrentado pela falta de recursos para sua manutenção.

O memorial foi fundado em 27 de fevereiro de 2016, através da união de religiosos que conviveram com o padre, juntamente aos esforços de inúmeros jacobinenses e do Padre José Herenberger, com o objetivo de oferecer conhecimento, cultura e promover o resgate da história e preservação da memória do líder religioso que tem relevantes serviços prestados em Jacobina e toda região.

O memorial oferece em seu acervo objetos sacros, fotos, roupas, presentes dos pais, dentre outros pertences do padre, além de CDs, DVDs e livros sobre sua história. Recentemente foi inserido no roteiro turístico de Jacobina por iniciativa da Secretaria Municipal de Educação e Cultura e Diretoria de Turismo.

Resultado de imagem para memorial padre alfredo haasler

De acordo com Glória Pinho, secretária da instituição, desde a abertura do memorial, foi firmado um acordo com a prefeitura municipal, e segundo o regimento instituído, o poder público deve repassar mensalmente um valor para ajudar na manutenção. “Em 2017, a prefeitura repassava R.913,73, com esse valor funcionávamos com dificuldades mas, dava para custear as despesas fixas. Neste ano de 2018, esse valor foi reduzido, para R.531,00, e redução essa que dificultou muito, pois não é suficiente para cobrir as despesas”, disse Glória.

Resultado de imagem para memorial padre alfredo haasler

Glória informou ainda que a diretoria já buscou apoio financeiro junto a outras entidades, a quem poderiam ajudar na manutenção do memorial.

“Já solicitamos ajuda a Divina Pastora, mas esta também passa por grandes dificuldades financeiras, agravadas ainda mais pelos cortes do governo federal para essa área de cultura, que afetou os cidade de campo formoso bahia fotos museus também, e não pôde nos ajudar. Já recorremos as paróquias locais, mas também não obtivemos respostas. Sem recursos, o acervo poderá ser levado para o museu do Mosteiro de Jequitibá – município de Mundo Novo/BA, pois lá eles terão a condição de gerir. Fico triste em pensar que podemos perder esse bem tão importante para a cultura e religiosidade de Jacobina, e peço ajuda a quem puder nos ajudar”, desabafou Glória.

O memorial funciona num espaço cedido pela Fundação Educativa Popular Padre Alfredo Haasler e José Assis dos Santos Reis – FEPPAHJA, porém não exerce responsabilidade institucional e financeira. Tem sido uma grande parceira do memorial, cedendo um espaço, dispensando inclusive taxas de aluguel, custos com água e telefone.

Resultado de imagem para memorial padre alfredo haasler

A administração financeira e institucional do memorial é de responsabilidade da Fundação Divina Pastora do Mosteiro Jequitibá/BA, e se mantêm com recursos oriundos de uma parceria com o poder público municipal, da venda de artigos personalizados ou relacionados a história do padre Alfredo, como chaveiros, DVDs, livros, e de doações de fieis católicos e apoiadores da sociedade em geral. A entidade disponibiliza um carnê para os interessados em fazer as doações. Os recursos financeiros adquiridos, são destinados a pagamento de funcionárias, conta de energia e materiais de limpeza.

Segundo informações da recepcionista Daneila Gomes, o memorial tem recebido visitas de escolas de diversos municípios como Irecê, Morro do Chapéu, Capim Grosso, Senhor do Bonfim, Quixabeira, dentre outras, e de escolas da rede privada local. Porém pouco tem sido visitado pela população de Jacobina e pelas escolas municipais.

“Sentimos que ainda falta muito a visitação da sociedade em geral, e principalmente o incentivo da Secretaria da Educação para trazer os estudantes. Este espaço tem muito o que ensinar aos alunos. É cultura, é memória, é conhecimento histórico também. Para você ter uma noção, em quase dois anos de funcionamento, recebemos visitas de apenas duas escolas municipais. É mais apreciado por escolas e pessoas de outras cidades”, disse Daneila.

Resultado de imagem para memorial padre alfredo haasler

Padre Alfredo Haasler era austríaco, em 1938, aos 31 anos de idade, deixou sua terra natal e veio para Jacobina fazer seu trabalho de evangelização, onde cumpriu sua missão por quase 60 anos, vindo mais tarde a ser conhecido como missionário do sertão. Fundou 45 escolas paroquiais em toda região de Jacobina, sendo a primeira foi fundada em 1939 no povoado de Tabúa, município de Várzea Nova. Por toda sua história de evangelização e de luta em favor dos pobres, o memorial se faz uma justa homenagem ao padre.

“A gente sempre se emociona e aprende muito com pessoas que vem visitar e conta histórias vividas com Padre Alfredo, testemunhos de fé, de pessoas que foram ajudadas por ele. Recentemente veio um homem e nos contou que, quando criança, sua família era muito pobre, passava fome, enfrentou a desnutrição, e foi curado por Padre Alfredo e hoje é doutor”. Esse homem fez história, as pessoas precisam conhecer e não deixá-lo fechar”, disse Daneila Gomes.

O Memorial Padre Alfredo Haasler fica situado no Caminho das Árvores – Rua Treze de Maio, bairro Serrinha – Jacobina/BA, e estar aberto para visitações às quartas, quintas e sextas-feiras das 8h as 11h e das 14h as 16h.

Assista  o documentário "Padre Alfredo Haasler o. Cist. - missionário de corpo e alma". 

Detalhes

Foto: Bocão News

Resultado de imagem para Professor da Uneb tem prisão decretada por crimes sexuais em Jacobina

O professor Thiago de Oliveira Moreira, que leciona Direito Constitucional na Universidade do Estado da Bahia (Uneb) em Jacobina, teve a prisão preventiva decretada e foi afastado de suas funções ontem, dia 11, por determinação da Justiça Criminal de Jacobina. Ele tomou conhecimento da decisão por meio de seu advogado e ficou de se apresentar à Justiça  ainda ontem, mas não o fez até o momento e é considerado foragido.

 

A decisão da Justiça acata pedido de prisão formulado pelo Ministério Público estadual com base em depoimentos e provas apresentadas por mais de uma dezena de alunos e alunas, que relataram crimes de assédio sexual, ameaças e lesões corporais. Além disso, ele também é acusado pela prática de crimes contra a Administração Pública, como prevaricação e supressão de documentos públicos. 

 

Thiago de Oliveira Moreira, que também atua como advogado, é professor da Uneb desde 2007. Ele já ocupou o cargo de Coordenador do Colegiado de Direito do Campus IV, sediado em Jacobina, e lecionava também em Irecê e Itaberaba. Ele atualmente acumula a função de professor com a de procurador jurídico do Município de Morro do Chapéu.

 

Em razão do número elevado de vítimas, o Ministério Público do Estado da Bahia disponibilizará suporte psicológico e assistencial às vítimas e testemunhas. O agendamento pode ser feito pelo telefone . As informações sobre as vítimas serão preservadas. (Fonte: MP/BA)

Detalhes

Resultado de imagem para rondesp bahia

Agora há pouco, no bairro Lagoinha Nova, em Jacobina, um homem de prenome Dênis morreu em troca de tiros com prepostos da Rondas Especiais (Rondesp) da Polícia Militar.

Segundo informações de populares, o baleado ainda teria sido socorrida para Unidade de Pronto Atendimento (UPA 24), no bairro Jacobina II, mas veio a óbito.

Outras informações a qualquer momento.

Detalhes

Imagem relacionada

De 18 a 20 de outubro, acontece a Semana de Ciência e Tecnologia 2018 do Campus Jacobina do IFBA. Além de mesas-redondas com profissionais do Instituto e convidados, haverá oficinas, minicursos, exposições científicas e apresentações artístico-culturais.

Dentre os temas que serão abordados nas mais diferentes áreas, têm-se Libras, língua inglesa, produção textual com foco no Enem, sociologia do trabalho, identidade e pertencimento, ensino de deficientes visuais,aplicativos e ferramentas virtuais no universo educacional, automação e robótica, dança do ventre, rapel,sustentabilidade, democracia, diversidade e inclusão.

Todas as atividades serão gratuitas e abertas ao público, mas algumas com vagas limitadas. Para garantir a sua participação, acesse este . A programação detalhada você encontra emhttps://ifbasemanact.wixsite.com/jacobina/programacao. Certificados para ouvintes também serão emitidos.

Saiba mais

O tema da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia deste ano é "Ciência para a Redução das Desigualdades”, fruto da Agenda 2030, estabelecida pela Organização das Nações Unidas (ONU), sobretudo de seus objetivos para a promoção do desenvolvimento sustentável. A ideia é fomentar os usos sociais da ciência e tecnologia por meio da popularização de conhecimento em prol da melhoria da qualidade de vida e do empoderamento da população. Fonte: SNCT/MCTIC 

Detalhes

Música, teatro, pintura, capoeira, cinema, artesanato, culinária regional... Esses são alguns destaques do II Festival EcoArte Itaitu, que acontece na próxima semana, durante três dias de programação.

Iniciativa da Associação de Ação Social e Preservação das Águas, Fauna e Flora da Chapada Norte (ASPAFF), a proposta é fruto de edital contemplado pela Secretaria de Cultura da Bahia através do Programa Federal Mais Cultura e conta com apoio da Prefeitura Municipal de Jacobina e do comércio local.

Tendo como sede a Casa de Cultura Pedro José da Silva, o Ponto de Cultura EcoArte Itaitu tem contribuído para a formação e o desenvolvimento da comunidade por meio de atividades formativas. No fim de cada ciclo do projeto, acontece o Festival, uma vitrine para apresentação dos resultados alcançados, produtos desenvolvidos, sendo, ainda, oportunidade de fonte de renda para os moradores do distrito.

Programação

De 19 a 21 de outubro, grupos artístico-culturais da região e convidados compartilharão seus talentos com nativos e turistas, que aproveitam o momento para conhecer as famosas trilhas e cachoeiras de Itaitu. Na ocasião, haverá o II Festival Gastronômico da Roça, resultado da articulação do Grupo de Mulheres da vila sob orientação da nutricionista Veranúbia Mascarenhas. Expositores de outras localidades também estarão na praça comercializando suas produções.

Dentre os artistas que animarão a praça de sexta a domingo, está a dupla Pedro e Zebeté; Cicinho e Julie de Assis; André Manfrine, Pelé Rasta, Cícero Matos, ao lado das Filarmônicas 2 de Janeiro e Juvenil Rio do Ouro, Fanfarras de Itaitu e do Paraíso, Orquestra Arte de Tocar, Grupo de Teatro Sarau das Seis e Trupe Circense do Benas.

O cantor e compositor Geraldo Azevedo será o convidado especial do evento. Com um show intimista, em voz e violão, ele trará grandes sucessos, como “Táxi Lunar”, “Bicho de Sete Cabeças” e “Caravana”, bem comomúsicas do último álbum “Salve São Francisco”, incluindo canções inéditas que serão inseridas em seu próximo trabalho.

Conscientização 

Neste ano, o tema “Água: uma questão de vida” foi escolhido pela equipe organizadora como fonte de reflexão e ação, devido à necessidade de conscientização quanto à preservação deste reduto ecológico, que tem recebido um intenso fluxo de turistas, sobretudo na cachoeira Véu de Noiva, principal responsável pelo abastecimento de água dos moradores.

“Esperamos que todos aproveitem os três dias de festival de maneira harmônica, respeitando os costumes locais e os moradores, bem como a natureza que integra a vila de Itaitu”, comenta Richard Silva, atual presidente da ASPAFF Chapada Norte.

Acompanhe os detalhes da programação nas redes sociais do evento (Facebook/Instagram): @ecoarteitaitu

Detalhes

(Por João Batista Ferreira) - A comunidade jacobinense perdeu hoje mais uma de suas nobres reservas morais. Faleceu na madrugada desta quarta-feira (10.10), no Hospital Santa Isabel, em Salvador, Manoel Gomes dos Santos, ex-vereador e comerciante no município de Jacobina.  Seu Nézio, como era mais conhecido, faleceu aos 90 anos.

A morte do ex-vereador foi lamentada por lideranças políticas da região e pela comunidade em geral. “Perdemos não somente um grande homem público, mas perdemos também um cidadão que honrou a sua família e a comunidade com uma vida de retidão, trabalho, seriedade e respeito ao próximo. Seu Nézio foi e sempre será um espelho de bons exemplos para as atuais e futuras gerações”, declarou o prefeito Luciano Pinheiro.

Filho do casal Jônatas Gomes da Silva e Lídia Rosa da Silva,  seu Nézio nasceu no dia 23 de fevereiro de 1928, na Fazenda Caldeirão, que fica entre o distrito do Junco e o município de Capim Grosso,  onde viveu até os 14 anos, trabalhando na atividade do campo, principalmente, na labuta com os animais da propriedade da família.

Beirando os 15 anos, o adolescente Nézio se mudou para Miguel Calmon, onde foi residir com seu irmão Joaquim Gomes dos Santos, mais conhecido como J. Santos, que lhe deu régua e compasso, sendo, além de irmão, amigo e incentivador na sua trajetória de vida.

Em 1958, os dois irmãos compraram um caminhão, e seu Nézio, que contava trinta anos de idade, virou caminhoneiro, passando a percorrer todo o território nacional, com o transporte de mercadorias e gado, num tempo onde viajar pelas estradas brasileiras era uma grande aventura, sobretudo, pela precariedade das rodovias que ligavam o País.

Naquele mesmo ano, seu Nézio se casou com a jovem Dinorá Vilas Boas, filha de uma tradicional família de São José do Jacuípe, à época distrito do município de Jacobina.

Da união de Nézio com Dinorá, nasceram os filhos Júlio Cezar, Arenilton, Sônia, Margarete, Manoel Júnior e Denilson, que lhe rederam dezenas de netos e alguns bisnetos.

Em 1974, seu Nézio se aposentou do caminhão, passando a vida de comerciante, abrindo um armazém no povoado de Paraíso, onde passou a ter uma convivência muito próxima com a comunidade, em especial com os produtores rurais.

Em 1988, a convite do Dr. Carlito, seu Nézio ingressou na política, sendo eleito vereador pelo município de Jacobina, reeleito por mais três mandatos, encerrando a sua carreira na política depois de 16 anos servindo a população jacobinense.

Na última conversa que mantive com Seu Nézio, no velório do Capitão Assunção, ele me relatou que um dos grandes orgulhos da sua vida como homem público era de nunca ter precisado “pagar para receber o voto”, provando, exatamente, que possível fazer política com honestidade e honradez.

Detalhes

Resultado de imagem para jacobina

Um novo sistema de automação da rede de distribuição de energia (Self-Healing) foi implantado pela Coelba nas regiões de Jacobina, no Centro Norte do Estado e em Remanso, localizada na região do Vale do São Francisco. A solução permite uma recomposição automática que reduz a extensão de um possível problema na Rede Elétrica e diminui ao máximo o número de clientes afetados pela interrupção de energia, além de restaurar o fornecimento de energia no menor tempo possível.

O sucesso do funcionamento em Morro de São Paulo, primeiro local onde o sistema foi aplicado, demonstra os importantes benefícios que as tecnologias vêm trazendo para o setor de energia, e mostram que a expansão desta solução é um dos caminhos para o fornecimento de energia com ainda mais qualidade para a população.

A implementação do Self-Healing nas duas regiões foi concluída no dia 13 de setembro e abrange 42.887 clientes. Além de Jacobina e Remanso, também passam a contar com todos os benefícios trazidos por essa modernização clientes dos municípios de Campo Alegre, Pilão Arcado, Mirangaba, Ourolândia, Umburana, Várzea Nova, Campo Formoso e Juazeiro.   

Desde o início da operação, as manobras na rede elétrica estão sendo realizadas sem a atuação humana, ou seja, os próprios dispositivos coletam e monitoram as informações da rede e podem realizar ações tanto de proteção quanto de recomposição do sistema elétrico. Vale ressaltar que todos estes equipamentos são gerenciados remotamente pelo Centro de Controle da Coelba. 

Para exemplificar o impacto dos ganhos da solução, em recente ocorrência na região de Jacobina, um defeito na rede provocou a interrupção de energia para 5.508 clientes e, em cerca de 60 segundos, o fornecimento de energia foi restabelecido automaticamente para 84% do total de consumidores afetados. 

O novo sistema de automação abrange diversos municípios das regiões, melhorando a confiabilidade e a qualidade do fornecimento de energia. Até o final do ano, a Coelba pretende ampliar a utilização do sistema para várias cidades do interior baiano. Dois novos projetos de Automação da Rede de Distribuição já estão em fase de implantação em Feira de Santana e Vitória da Conquista.

Sobre a Coelba

A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), empresa do Grupo Neoenergia, é a terceira maior distribuidora de energia elétrica do país em número de clientes e a sexta em volume de energia fornecida, sendo a maior do Norte-Nordeste. Presente em 415 dos 417 municípios baianos, a Coelba tem uma área de concessão de 563 mil quilômetros quadrados, com 5,9 milhões de clientes (mais de 15 milhões de habitantes).

Detalhes

Os projetos devem ser nas áreas de emprego, renda, saúde, cultura, educação, lazer e esporte e podem receber subsídios de até 85% do valor total

Resultado de imagem para Yamana Gold inicia Seminário de Parcerias para projetos sociais em Jacobina

O Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental, responsável pela gestão e desenvolvimento de programas de responsabilidade socioambiental da Yamana Gold, vai realizar no dia 15 de outubro, a partir das 13:30 h, no Sindicato dos Comerciários em Jacobina (Rua Arthur Diniz Veloso, nº 56), a primeira reunião do Seminário de Parcerias de 2018. Por meio do Seminário de Parcerias, a empresa contribui para o desenvolvimento de projetos socioambientais das organizações sociais locais, com apresentação de projetos de interesse da comunidade. Podem participar instituições filantrópicas e de assistência social, escolas, igrejas, ONGs, associações de moradores e de classes e cooperativas de agentes econômicos, que sejam legalmente constituídas.

Nesta reunião serão apresentadas as regras do novo regulamento, bem como será orientado como preencher o projeto e prazos de inscrição. Com o lançamento do programa, o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental, que já desenvolve intenso trabalho de responsabilidade social nas regiões onde atua, vai ampliar sua parceria na área de projetos sociais.

Sobre o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental

Criado em 2012 pela Yamana, o Instituto Yamana de Desenvolvimento Socioambiental tem como objetivo principal promover o desenvolvimento nas regiões onde atua por meio de iniciativas educacionais, sociais, ambientais e culturais, contribuindo para o desenvolvimento local por meio de ações, projetos e programas específicos, respeitando a diversidade cultural e características locais.

O Instituto Yamana é o responsável pela gestão e desenvolvimento dos programas de responsabilidade socioambiental da companhia e o faz por meio de parcerias com instituições para estimular pesquisas, incentivando ainda o conceito de voluntariado, a ética, cidadania e a democracia.

Detalhes

foto: estudante Thalyta sorrindo para a câmera

Com 17 artigos aprovados para apresentação no Congresso Norte-Nordeste de Pesquisa e Inovação (Connepi), o Campus Jacobina do IFBA se destacou na região centro-norte do estado. Sob uma diversidade de áreas e temas, incluindo engenharias, ciências exatas e da terra, ciências biológicas, linguística, letras e artes, Jacobina ficou em 3º lugar quanto ao número de aprovações do Instituto. A atual coordenadora de pesquisa do campus é a professora de língua portuguesa Lucília Santa Rosa.

Dentre os estudos qualificados para o evento, que acontece de 27 a 30 de novembro deste ano em Recife (PE), está “Confecção de protótipo de baixo custo gerador de energia elétrica a partir do vapor”, elaborado por quatro estudantes com apoio de docentes, integrantes do grupo de pesquisa Automação, Eficiência Energética e Produção do IFBA.

Após o processo de montagem, a equipe executora realizou análises de desempenho a fim de estabelecer quais fatores operacionais poderiam influenciar na conversão da energia cinética produzida na turbina em energia elétrica utilizável. A base do protótipo é composta por materiais como recipiente de desodorante aerossol e cooler de fonte de alimentação de computador inutilizados.

“Foi possível encontrar finalidades para esses componentes, em geral, destinados de maneira inadequada no meio ambiente. Os resultados obtidos ainda podem ser úteis para a produção de gerador de energia de grande escala visando à sustentabilidade, além de servir como legado do IFBA, para utilização nas aulas práticas de eletromecânica”, explica Tércio Graciano, orientador do estudo ao lado do professor Raimison Bezerra.

Autoria da aluna do 4º ano Thalyta Leal, com orientação dos docentes Beliato Campos e Talita Gentil, o artigo “Análise dos livros didáticos de Física para a compreensão dos conteúdos do ensino técnico em Mineração” apresenta um mapeamento das obras adotadas pelo IFBA do 1º ao 3º ano, a fim de identificar as mais significativas no diálogo com a formação profissionalizante.

“Observei que muitos colegas tinham dificuldade para compreender determinados assuntos. Por exemplo, o beneficiamento de lavra tem fundamentos de mecânica (conteúdo da física) e se relaciona diretamente com o ramo da mineração. Após selecionar os livros, tabulei os conteúdos e verifiquei quais obras auxiliavam melhor na compreensão da mineração, com teoria mais contextualizada, maior número de capítulos, dentre outros. Acredito que a pesquisa trouxe resultados que podem aprimorar a metodologia de ensino do curso técnico, uma vez que muitos livros são sucintos e alguns possuem conteúdos que são divididos, destoando da sala de aula, a exemplo da calorimetria, ensinada desde o 1º ano na disciplina técnica de geologia, mas introduzida na física apenas no 2º”, pontua Thalyta.

foto: prof. Marcos ao lado de seis estudantes representando a equipe de trabalho na comunidade de Itaitu

Fruto da própria vivência em sala de aula, a jovem, que estreia no ramo da pesquisa, ressalta a satisfação por ter a possibilidade de participar de um congresso de grande porte como o Connepi: “Estou muito feliz com a aprovação do trabalho e o reconhecimento da sua qualidade!”, comenta.

Popularização da Ciência

Elaborado pelas estudantes de informática Iany Hellen Reis (2º ano), Rafaela Sampaio (1º) e Carla Queiroz (2º), o artigo “Construção de espectroscópio de baixo custo para o ensino da Astronomia”, pretende disponibilizar esse dispositivo óptico para observação da luz de modo acessível e barato para alunos do ensino médio.

“A partir da experiência de meu cunhado, que também é professor de física, e do incentivo do docente Beliato, aperfeiçoamos a ideia de montar o equipamento”, descreve Iany. Para tanto, as jovens utilizaram uma caixa de pasta de dente, fita isolante e mídia de CD/DVD. “É uma forma simples, que pode ser feita por qualquer pessoa. Ao visualizarmos a teoria, de maneira concreta, o aprendizado se torna mais dinâmico e atrativo”, diz Carla.

O aplicativo Física para Todos também se destacou na série de aprovações. Focado na utilização das tecnologias da informação e comunicação (TICs) como auxiliar das aulas, o app reúne temáticas distintas no âmbito das ciências da natureza para as séries iniciais (fundamental), visando à formação crítico-reflexiva, autônoma, sócio-cultural e cidadã.

Fruto da fase de teste realizada com alunos e professores do Colégio Sesc de Jacobina, em  março deste ano, o artigo a ser apresentado pelos estudantes Felipe Torres, Marcos Paulo Rios, Kelvin Alves, Victor Moura e Moisés Reis enfoca questões como funcionalidade e compreensão dos conteúdos.  “Nosso próximo passo será alimentar o aplicativo com mais textos, animações e exercícios, além de jogos. Tudo para que os alunos interajam com a ferramenta de forma prazerosa, motivadora e significativa, tornando o ensino de ciência mais acessível e lúdico”, pontua o professor e orientador da iniciativa Beliato Campos.

O app já rendeu à equipe participação no programa “Bolsista em Foco”, da Fundação de Amparo à Pesquisa da Bahia (Fapesb), apresentação no XVII Encontro de Pesquisa em Ensino de Física (EPEF), em Campus do Jordão, além de projeção nacional através de entrevista concedida ao Ministério da Educação (MEC). 

Desenvolvimento Sustentável Regional

Utilizar animais e produtos derivados de diferentes órgãos de seus corpos para fins medicinais é uma prática tradicional presente em várias culturas ao longo da história. Com o objetivo de identificar os recursos da fauna utilizados pela população do distrito de Itaitu de forma terapêutica, o mestre em biologia e professor Marcos Reis, em conjunto com os estudantes de mineração Alice Freitas, José Vitor Silva e Juan Pietro, desenvolveu análise a partir de revisão bibliográfica e pesquisa de campo, dando origem ao estudo aprovado no Connepi.

Foram registradas 16 espécies usadas para fins zooterápicos, dentre elas mamíferos, aves, répteis, insetos e anfíbios. "Verificou-se que as abelhas, o carneiro e a galinha apresentam aspectos que foram bastante explorados para uso medicinal na localidade. Analisamos que, apesar dos impactos promovidos pelo turismo e pela expansão imobiliária, Itaitu demonstrou conservar essa prática de importante valor cultural, sobretudo entre a população mais idosa. Infelizmente os jovens pouco detêm esse conhecimento”, avalia Alice, que pretende cursar medicina veterinária devido à paixão pela biologia.

O texto também foi aceito no 15º Congresso Nacional de Meio Ambiente de Poços de Caldas, do qual o aluno José Vitor participou representando a equipe. “Nossa meta é de que a pesquisa sirva de base para uma futura proposta de extensão em educação ambiental na comunidade, visando valorizar a diversidade biológica e cultural do lugar”, sinaliza o docente Marcos Reis. 

Detalhes

 

O dia da árvore foi comemorado com diversas ações socioambientais no Município de Umburanas, onde estão sendo implantados os Complexos Eólicos Campo Largo e Umburanas. Com o objetivo de incentivar a preservação do meio ambiente foi realizado o plantio de mudas de espécies como Angico, Umbu, Quixabeira, Pinha, Romã, Cajú, entre outras, com estudantes do ensino fundamental, das Escolas Osvaldo Lopes e Rômulo Galvão. Durante as atividades, a equipe debateu com os alunos a importância do meio ambiente, além dos cuidados e necessidade de preservá-lo para as futuras gerações.

 

 

No último domingo (23), uma nova ação mobilizou diversos moradores na feira livre da cidade. No local foram montadas exposições de fotografias e de móveis de madeira reutilizada proveniente das obras. Além de panfletagem de material informativo, foram doadas 800 mudas de espécies nativas.

 

Para o gerente da obra, Murilo Boselli, as ações foram muito proveitosas e mobilizaram estudantes e a comunidade em geral. “O mais importante foi que conseguimos levar informação e conscientização. 

 

Além do plantio e doação de mudas, as ações educativas foram pensadas para melhorar a qualidade de vida de todos. Esperamos que os moradores se tornem verdadeiros defensores do meio ambiente e multiplicadores de ações de conscientização e preservação”, destacou Boselli.

Detalhes

Geronilson Ferreira recebeu a homenagem pelos relevantes serviços prestados ao Municípios durante os quase 11 anos à frente da Unidade Regional do Sebrae em Jacobina

Foto: Paulo Facinius 

Resultado de imagem para Gerente Regional do Sebrae recebe título de Cidadão Jacobinense

Por Tamara Leal

O gerente do Sebrae em Jacobina, Geronilson Ferreira, recebeu o título de Cidadão Jacobinense em Sessão Solene realizada na Câmara de Vereadores da cidade na noite da última quinta, 27. A proposta foi apresentada pelo vereador Juliano Cruz, ex-secretário de Planejamento do Município de Jacobina, e aprovado por unanimidade.

Em seu pronunciamento, Cruz ressaltou a missão do Sebrae e o trabalho desenvolvido por Ferreira. “A missão do Sebrae é utilizar a sua expertise para nortear o empreendedor. Geronilson é sinônimo de Sebrae. Ele estende, indistintamente a qualquer hora, as mãos a todos que buscam a entidade. Jacobina tem um comércio forte e o nosso homenageado tem grande responsabilidade para que esse comércio continue assim”.

Natural de Senhor do Bonfim, Geronilson é formado em Administração de Empresas e graduado em Geografia pela Universidade Estadual de Pernambuco (UPE). Ele explicou que aquele era um momento ímpar em sua vida. “Já me intitulava cidadão jacobinense empiricamente e hoje o sou oficialmente. Essa honraria tem muito valor. Aos que diuturnamente estiveram comigo, meus familiares, colegas de trabalho, parceiros e clientes do Sebrae, divido esse título, um dos mais importantes momentos da minha vida”.

O homenageado afirmou que vai continuar trabalhando pelo Sebrae em Jacobina: “Com muito trabalho, pujança e entusiasmo continuarei o meu trabalho. Jacobina está internalizada e ficará fotos para sempre na minha memória”.

Além de familiares (esposa, filho, mãe e irmão), estiveram presentes colaboradores do Sebrae e representantes da Associação Comercial e Industrial de Jacobina(Acija) e da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) local.

Na ocasião, outras duas pessoas que não são naturais da cidade, mas que fazem parte da história do município, foram homenageadas pela Câmara de Vereadores: o gerente do Armazém Paraíba, Joelson Teixeira, e a professora e empresária da Educação, Marlene Rodrigues de Oliveira. 

Detalhes Resultado de imagem para ifba jacobina

Desta segunda-feira, 1º, até o dia 10 de outubro, profissionais do ramo da eletricidade, bem como formandos de eletromecânica e mineração do Campus Jacobina do Instituto Federal da Bahia podem se inscrever no curso “Norma Regulamentadora nº 10: Segurança em Instalações e Serviços em Eletricidade”.

Aprovada em edital da Pró-Reitoria de Extensão do IFBA, a proposta consiste na formação de 40 participantes, durante o período de quatro meses, com foco nas noções de riscos e procedimentos de segurança, visando à minimização de acidentes, por meio do domínio das técnicas de proteção individual e coletiva, primeiros socorros, além de proteção e combate a incêndios.

Os interessados devem apresentar cópia e original de RG e CPF, bem como preencher formulário disponível no setor de Protocolo do campus, situado na Av. Centenário, nº 500, Nazaré. O horário de atendimento é das 8h às 20h.

As aulas acontecerão a partir do dia 20 de outubro, sempre aos sábados, das 8h às 12h20. Além do professor Andson Rocha, da área de segurança do trabalho, participam da equipe executora os docentes e engenheiros elétricos Vitor Teixeira e Alexandre Akira, e a enfermeira Ariane Queiroz. Mais informações em (74) 3621-8725.

Detalhes

Professora Zezé Ribeiro, uma mulher guerreira e com espírito empreendedor

Na última quarta-feira (26/09), faleceu em Salvador, onde se encontrava hospitalizada, a professora Maria José Ribeiro, 61 anos idade, mais conhecida como “Professora Zezé”, fundadora da Banda Marcial do Colégio José Prado Alves no distrito de Lages do Batata, interior do município de Jacobina.

O corpo da professora Zezé foi sepultado nesta quinta-feira (27/09) na cidade de Barreira, no oeste baiano, para onde família se mudou há alguns anos.  

Em 1988, pela primeira vez, a Banda Marcial de Lages do Batata desfilou no 7 de Setembro em Jacobina

Além de educadora da Rede Municipal de Jacobina, a professora Zezé também mantinha uma “banca” de reforço escolar, que funcionava na esquina entre a Praça Rinaldo Magalhães e a Avenida Morro do Chapéu, em Lages do Batata, e por onde passaram centenas de crianças, que se transforam em grandes profissionais, atuando hoje em diversas áreas da economia, espalhados em todo o território nacional.

Banda Marcial do Colégio José Prado Alves desfila no 7 de Setembro em Lages do Batata no ano de 1989

Em 1986, com a possibilidade da Banda Marcial da Escola Paroquial não “puxar” os alunos das escolas municipais no desfile de 7 de Setembro daquele ano, a professora Zezé, com seu espírito empreendedor, arregaçou as mangas e resolveu criar a própria banda do município. Com apenas de três instrumentos musicais, um bumbo, uma caixa de repique e um par de pratos, e três aprendizes, formado pelos seus dois filhos Rosicláudio e Rosinalvo, além do aluno João Batista Ferreira, foi dado o ponto pé inicial para a criação da Banda Marcial do Colégio Municipal José Prado, que ao longo dos seus 32 anos de história se transformou em referência nos desfiles cívicos do interior da Bahia.

Em nota enviada ao JAC 24 Horas, o prefeito de Jacobina, Luciano Pinheiro (DEM) lamentou a morte da educadora. “A educação jacobinense e baiana perde uma mulher que foi uma liderança destacada no distrito de Lages do Batata,  e que através de suas ações deixou para as futuras gerações o fruto do um belo trabalho”, conclui  prefeito.

Detalhes

Na noite desta quinta-feira (27/09), faleceu em Jacobina a aposentada Liberaldina Barbosa da Silva Santos,  mãe do radialista João Pedro Barbosa, diretor da Câmara Municipal de Vereadores. Dona Gringa, como era conhecida carinhosamente, tinha 83 anos e estava internada na UPA-24 Horas.

Seu corpo está sendo velado na sala de velórios do Cemitério Jardim da Saudade, onde será sepultada às 11 horas desta sexta-feira (28/09).

Viúva, Dona Gringa dedicou a sua vida na criação dos filhos, hoje homens e mulheres formados, que lhe presentaram com netos e bisnetos, formando uma grande família.

O blog Jacobina 24 Horas se unem à todas as homenagens de despedida prestadas a essa grande mulher, que deixará muita saudade nos corações de familiares e amigos.  

Detalhes

O Ministério Público da Bahia promoveu ontem, dia 26, uma reunião para discutir a qualidade da água consumida pela população e a necessidade de proteção ambiental da cachoeira Véu de Noiva, localizada no distrito de Itaitú, em Jacobina. Durante a reunião pública, na Casa de Cultura Pedro José da Silva, o promotor de Justiça Pablo Almeida falou sobre o inquérito civil instaurado pelo MP, o qual constatou que a cachoeira Véu de Noiva vem sofrendo com a degradação decorrente do grande fluxo de turistas recebidos no local, em especial pela falta de estrutura, não havendo um limite para acesso dos visitantes. Segundo Almeida, outra situação são as comunidades no entorno de Itaitú que utilizam as águas da cachoeira para o consumo humano e animal, quando já foi comprovado que a água utilizada não é potável, o que remete não somente a um problema ambiental, mas também de saúde pública.

Participaram do encontro os Secretários de Meio Ambiente e de Planejamento de Jacobina, Daniel Carvalho e Ronildo Oliveira; a diretora de Turismo de Jacobina, Karla Almeida; representantes da Empresa Baiana de Água e Saneamento, Tayse Lacerda e Vicente Meneses, do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, Almacks Silva, da Vigilância Sanitária, Milene Vasconcelos; o gestor do Parque Estadual Sete Passagens, representando o Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos, José Manoel Zélis, vereadores de Jacobina; o presidente da Associação de Moradores de Itaitú, Everaldo Moura; representantes da Associação Central das Águas; representante da Companhia de Engenharia Ambiental e de Recursos Hídricos da Bahia, Roberto Alves e moradores locais.

Recomendações

Na reunião o promotor também falou sobre a recomendação expedida pelo MP para o município de Jacobina em 27 de agosto. Ficou recomendado ao Instituto Estadual do Meio Ambiente e Recursos (Inema) a criação de uma Unidade de Conservação para proteção da cachoeira Véu de Noiva, preferencialmente na modalidade monumento natural. Outra opção é considerar a ampliação do Parque Estadual Sete Passagens, abrangendo a cachoeira e imediações da queda d’água ou, como terceira possibilidade, a criação de um Consórcio Público com o município de Jacobina, para proteção e gestão do meio ambiente.

Já para a Secretaria do Meio Ambiente e ao prefeito do Município foi recomendada a criação de uma Unidade de Conservação Municipal para proteção, tanto da cachoeira Véu de Noiva como de outras da região. Foi recomendado ainda que a prefeitura controle a entrada efetiva, com guarita de acesso e cadastramento dos frequentadores em livro de visitação, que sejam criadas regras para os usuários, e que também haja fiscalização semanal por meio do grupamento ambiental da guarda municipal.

Estagiário de Jornalismo com supervisão de George Brito (DRT-BA 2927)

Detalhes

Resultado de imagem para palestra de Claudio Forner em Jacobina

Por: Tamara Leal

Jacobina - Nesta quinta, 27, a partir das 19h30, o administrador de empresas e especialista em comércio internacional pela Fundação Getúlio Vargas, Cláudio Forner, estará na cidade de Jacobina, Centro Norte baiano, para apresentar a palestra “Oportunidade e inovação”. O evento acontece no auditório do Comuja, com capacidade para 500 pessoas. Os interessados ainda podem se inscrever nas últimas vagas que restam para o evento.

A iniciativa é do Sebrae em parceria com a Associação Comercial e Industrial de Jacobina (Acija), Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Jacobina e Sindicato Patronal de Jacobina e Região (Sindpat). O valor para associado de qualquer entidade parceira é de R$ 30. Para não associado, a inscrição custa R$ 60.

Instrutor líder do Empretec no Brasil, Forner irá falar sobre temas como o mundo em reconstrução; envelhecimento de modelos; inovação e geração de oportunidades; oportunidades criadas pela inovação; dentre outros.

Para o gerente Regional do Sebrae em Jacobina, Geronilson Ferreira, “este é o momento para que os empreendedores reflitam sobre as tendências e perspectivas do mercado, buscando alternativas de forma criativa e inovadora”.

Outras informações podem ser obtidas através dos telefones (74) 3621-4342 (Sebrae)/ 3621 – 3802 (Acija) / 3621 – 4259 (CDL) e 3621 – 9292 (Sindpat).

Evento acontece em Senhor do Bonfim nesta quarta

O Sebrae também realiza o evento em Senhor do Bonfim. Na cidade, a palestra “Oportunidade e inovação” acontece já nesta quarta-feira, dia 26, às 19h30, no auditório da Associação Comercial, Industrial e Agrícola de Senhor do Bonfim (Aciasb). O valor da palestra é R$ 30 e as vagas são limitadas.

No município, a palestra tem o apoio da Aciasb e da Sala do Empreendedor, por meio da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Esporte. Outras informações podem ser obtidas através dos telefones (74) 3541-3046 (Sebrae) ou (74) 3541- 3652 (Aciasb).

Sobre o palestrante

Cláudio Forner é diretor da Forner Consulting e autor de cinco livros na área de comercialização internacional. Ele também foi conselheiro de Roberto Justus no reality show “O Aprendiz” em duas temporadas e de João Doria Jr. na edição do Aprendiz Empreendedor.

Detalhes

Na manhã desta quarta-feira (26), uma megaoperação conjunta coordenada pela Polícia Federal (DPF de Juazeiro), com participação das polícias militares da Bahia e Pernambuco, conseguiu evitar o assalto a um avião de transporte de valores no aeroporto de Salgueiro (PE). 

Segundo informações preliminares da polícia, durante a ação, seis suspeitos foram mortos em confronto, entre eles o ex-Cabo da Polícia Militar da Bahia, Galdioso Moura da Silva, de 47 anos, acusado de envolvimento no assalto ao Banco do Brasil de Jacobina, ocorrido na madrugada do dia 9 de fevereiro de 2016. O ex-PM era suspeito de envolvimento em outros assaltos a bancos e carros-fortes, incluindo o ocorrido em Bom Jesus da Lapa, que culminou na morte de dois policiais militares. Galdioso também participou de assaltos em Remanso, Juazeiro e Petrolina, informa a nota da polícia.

 

Ainda segundo a polícia, na ação hoje, que frustou o assalto a aeronave de transporte de valores em Salgueiro, além dos 6 mortos em confronto, 6 fuzis e uma metralhadora calibre.50 foram apreendidas.

 

Fonte: Jacobina Notícias.

Detalhes

Na tarde desta segunda-feira, 24, houve um acidente envolvendo um veículo Celta e uma moto na Av.Lomanto Júnior, próximo à ponte Carlos Daltro, região central de Jacobina. O cidadão contou que estava parado no bordo da avenida, sentado na moto com o bebê de 10 meses no colo, cumprimentado e entregando-a para a mãe, quando foram atingidos pelo Celta.

O motociclista conseguiu pular com a criança, sofrendo apenas escoriações na perna. A criança saiu ileso do acidente. O condutor do Celta acredita que pode ter sido ofuscado pelo Sol do entardecer. Ele alegou que "não viu nada",  e acabou colidindo e arrastando a moto por uns 8 metrôs.

O SMTT (Serviço Municipal de Tráfego e Transportes) esteve no local registrando o acidente e pedindo mais atenção no trânsito. (Fonte: Augusto Urgente)

Detalhes

Foto: Robson Guedes/Jacobina Noticias

Proprietários de veículos que possuem multas ou débitos em atraso no Departamento Estadual de Trânsito da Bahia (Detran-BA) já podem efetuar o pagamento parcelado no cartão de crédito, em até 12 vezes, em Jacobina. A norma foi regulamentada pelo Contran (Conselho Nacional de Trânsito), através da Resolução 697/2017. 

 

De acordo com o Detran, o interessado poderá utilizar até três cartões para efetuar o pagamento. A modalidade já está disponível no Posto de Atendimento, localizado no Pátio de Veículos do Detran, na Rodovia BA-131, KM 5, Lote 2, Park Empresarial Jacobina, no bairro Catuaba. O atendimento no local acontece de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, e aos sábados, das 9h às 12h. 

 

Os interessados poderão parcelar o IPVA, DPVAT, licenciamento, multas, diária de pátio e reboque. Mesmo optando pelo parcelamento, a situação do veículo é regularizada de imediato, não sendo necessário aguardar o pagamento das prestações. O Detran ressalta ainda que "os custos da operação variam conforme a opção de parcelamento escolhida pelo cidadão, e que será informado no momento da simulação".

 

Redação Jacobina Notícias

Detalhes

Resultado de imagem para eSocial

(Por Tamara Leal) - Empresários dos segmentos de mármore, cerâmica, panificação e indústrias em geral são público alvo da palestra “Desenvolvendo o eSocial: uma Abordagem Teórica e Pratica”, que acontece dia 2 de outubro, das 8h às 17h, no Auditório da Faculdade AGES de Jacobina. Gratuita, a capacitação tem vagas limitadas.

A palestra é uma realização do Sebrae e do Sesi e será ministrada pelo consultor e palestrante, Heleno Rocha, que irá orientar os empreendedores sobre os impactos do eSocial na vida das empresas.

Mais informações sobre essa e outras soluções ofertadas pela instituição podem ser obtidas no Sebrae em Jacobina, localizado na Rua J. J. Seabra, nº 69, bairro da Estação, pelo telefone (74) 3621-4342, ou ainda na agência do Sebrae em Senhor do Bonfim, localizado na Rua Benjamin Constant, nº 12, Centro, (74) 3541-3046.

Sobre o Palestrante

Heleno Rocha é formado em contabilidade, professor universitário de graduação e pós-graduação. Palestrante do CRC-BA, consultor, perito, auditor nos processos de Administração de Pessoal e RH, especialista em eSocial, pós-graduado em Perícia Contábil, atuou como consultor da FVC Consult. Foi coordenador de RH e consultor de diversas empresas nacionais e internacionais nos mais variados segmentos, atuando na área Previdenciária e Trabalhista há mais de 20 anos.





ШОКИРУЮЩИЕ НОВОСТИ



Related News


Fotos graciosas de deportes
Fotos de paisajes de nieve
Fotos de pompas ricas
Fotos de tengo hambre para facebook
Casas prefabricadas precios y fotos costa rica
Fotos de vesicula inflamada
San cipriano buenaventura fotos
Fotos de pies hermosos